quarta-feira, 30 de abril de 2014

"Pra mim, mulher tem que cuidar dos filhos em casa"

Aprendi com o tempo que falamos muito mais do que deveríamos. Quando ficamos quietos, temos oportunidades. A oportunidade de analisar, de pensarmos em nosso próprio discurso, de avaliarmos nossas próprias fragilidades e de reformular aquilo que diríamos.


Um antigo ditado popular diz que temos dois ouvidos e apenas uma boca. Que é para falar menos e ouvir mais. Bom, conheço um cara que fala pelos cotovelos, como diz outro ditado popular.  E ele fala tanto, que começa a inventar histórias. Ele se contradiz, mente muito e sinto vontade de confrontá-lo. Como não vou ganhar nada com um confronto, apenas continuo ouvindo seus delírios.

Esse sujeito já está na meia idade. Com 3 filhas, todas casadas, atualmente mora apenas com a esposa. A mulher nunca trabalhou fora e ele se orgulha em poder a mulher tudo o que ela sempre quer.  Outro dia, ele falava que orgulhava-se do fato da mulher ter ficado em casa para criar bem as meninas. Ele usou essa palavra: orgulho. E usou o termo'criar bem'. E disse que a mulher dele fez o que toda mulher deveria fazer, ficar em casa para cuidar das crianças. E disse que mulher que faz o oposto é irresponsável.

Meu sangue subiu na hora, mas não deixei ferver. Fiquei apenas ouvindo. A moça que faz a faxina estava por perto e talvez ele nem tenha percebido, já que quem fala demais não observa o mundo ao redor. Ela tem por volta de 35 anos e tem 6 filhos. Uma menina de 17 anos já casada e grávida. Um garoto de uns 16 que mora com a avó paterna. Duas adolescentes de 14 e 15 anos, uma delas também grávida. Um garoto de 9 e outro de 5 anos. 

Ela sai de casa todas as manhãs, muito cedo, para limpar nossos banheiros. O marido dela, pai do menino mais novo, limpa fossas e ganha um pouco mais. Somando os rendimentos dos dois, temos em torno de R$1.900,00, que calculo que deva ser 1/3 do salário do homem que fala mais que o homem da cobra. E pelo que entendi, o Senhor Matraca acredita que a faxineira é irresponsável porque deixa os filhos na escola ou na creche. Porque, claro,  ficar em casa de deixá-los com fome (quiçá morando na rua) seria certamente a melhor opção.






Nenhum comentário:

Postar um comentário